Passar para o conteúdo principal
Nome
Filipe Inteiro
Submetido por ffinteiro a 19 April 2021
Uma árvore pelo futuro
arvore ISCAL

O ISCAL, enquanto Eco-Escola e detentor da Bandeira Verde, promove as boas práticas para um desenvolvimento sustentável junto da comunidade académica realizando iniciativas que visam consciencializar e incentivar os seus estudantes para questões que dizem respeito a todos, apelando a hábitos de vida mais saudáveis e sustentáveis.

No contexto do Global Action Day, em conjugação com o Dia Mundial da Terra, dia 22 de abril, o Projeto Brigada da Floresta, do Programa Eco-escola, numa parceria transatlântica que evoca os laços de amizade e o que nos une, o ISCAL e a UNESC - Universidade do Extremo Sul Catarinense, em conjunto, as Brigadas da Floresta das duas instituições, por sugestão de um jovem estudante do ISCAL, Bruno Silva, irão plantar uma árvoreUma árvore que simboliza a ponte entre dois povos que, desde a centúria de quinhentos, caminham lado a lado.

Porquê uma árvore?

Uma árvore pelo futuro

 

Preocupação, cuidar e futuro são três palavras que ligam todas gerações em prol de um bem maior, a sobrevivência.

Será que sabemos a importância das nossas ações na vida de quem nos rodeia? A resposta é: Nem sempre. O que sabemos é que nos dirigimos para um futuro incerto. Teremos de ser cada vez mais comunidade e de fazer cada vez mais a diferença, não só numa vida, mas em muitas.

No dia 21 de abril, às 11h00, para celebrar o Dia Mundial da Terra, reunimos no Campus de Benfica do Instituto Politécnico Lisboa, pessoas que têm uma consciência e uma preocupação comum sobre o futuro e que entendem que a solução é cuidar do presente. Fazer pelos outros é fazer por nós próprios.

Neste dia, a Equipa da Brigada da Florestas do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa, no âmbito do Projeto Eco-Escolas, plantou a brasileira Araucária, a “primeira pedra” junto ao local onde nascerá o futuro ISCAL.

 

ARVORE

 

No dia 22 de abril, a Brigada da Floresta da Universidade do Extremo Sul Catarinense, fez o mesmo, com o português Castanheiro

 

 

Esta árvore ligará as gerações como que se de uma linha se tratasse. Todas elas têm as suas vontades, ambições e desafios e todas estão intrinsecamente ligadas à terra que hoje é tanto nossa, como o foi dos nossos antepassados e como será dos nossos filhos. A responsabilidade é de todos. A nossa árvore é a esperança por um futuro melhor. É uma árvore pelo futuro.

 

 

Esta iniciativa teve o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, através da Divisão de Gestão do Parque Florestal do Monsanto e de Sensibilização Ambiental.

A Brigada da Floresta ISCAL/UNESC

Bruno Silva | Dimas de Oliveira Estevam | Fernando Carvalho | Filomena Borba | Miguelangelo Gianezini | Sílvia Ferreira