ir para a página do ISCAL no Facebook ir para o canal Youtube do ISCAL ir para a página do ISCAL no Linkedin

Dia da Mulher no ISCAL 2018

Dia da Mulher no ISCALNo âmbito das celebrações do Dia Internacional da Mulher, irão decorrer no ISCAL uma série de iniciativas que pretendem celebrar o dia e alertar para as disparidades existentes numa sociedade onde, segundo a lei, todos os cidadãos são iguais.

Convidamos toda comunidade do Politécnico de Lisboa a participar nesses eventos, dos quais destacamos:

8 de março | Palestra “Mainstreaming de Género na Administração Pública/ o Caso Particular das Organizações do Ensino Superior"
 
- 8 e 9 de março | Mostra bibliográfica e fotográfica "Celebrar o dia com imagens e letras" na Biblioteca do ISCAL
 
9 de março | Seminário "A representação equilibrada entre mulheres e homens nas empresas"

Porquê um Dia Internacional da Mulher?

A 8 de março de 1908, 15.000 mil trabalhadoras fabris fizeram greve e marcharam pelas ruas de Nova Iorque em protesto contra a desigualdade de direitos políticos e económicos. Protesto que se alargou a vários pontos do globo.

Em honra dessas mulheres, o Partido Socialista da América, celebrou um ano depois, a 28 de Fevereiro de 1909, o primeiro Dia Nacional da Mulher. Em 1910, no Congresso Socialista, a alemã Clara Zetkin, propôs que esse dia se designasse por Dia Internacional da Mulher, proposta que foi aceite por unanimidade pelas delegadas dos 17 países presentes. Deste modo, a 8 de Março de 1914 celebrou-se o primeiro Dia Internacional da Mulher, no modelo que até hoje persiste.

O movimento celebrar-se-ia essencialmente pela luta pela paz nas duas grandes guerras, mas também pelo direito de votar, trabalhar e pelo fim da discriminação em contexto laboral.

Finalmente, em 1975, durante a celebração do Ano Internacional da Mulher, as Nações Unidas estabeleceram como Dia Internacional da Mulher, o dia 8 de Março.

Hoje, mais de um século depois, e segundo o relatório do pdfFórum Económico Mundial sobre as desigualdades de género ainda há muito caminho a percorrer.

[Texto redigido por Serviço de Informação e Documentação do ISCAL]